Páginas

domingo, 16 de Dezembro de 2012

Kibbeh de batata - Potato Kibbeh


Scroll down for English version

A edição número nove do Convidei para jantar, já está mesmo na recta final, mas com um empurrãozinho ainda consegui participar.
A edição decorre em casa da Marmita, do elegante blog homónimo.
O tema escolhido foi cidades/ países que de alguma forma nos marcam. Amor platónico, simplesmente fascínio, ou empatia com as gentes e costumes locais, teríamos de convidar um pedaço de terra que nos tocasse no coração.

E fugi um bocadinho à regra e resolvi convidar uma região pela qual possuo algum fascínio  O Médio Oriente, o berço da humanidade.
Nunca visitei nenhum dos seus países, e dada a situação tumultuosa que por lá se vive, acredito que não será para breve. Sinto que existe no fundo do meu ser uma conexão com a sua cultura, com a sua cozinha. A vida dura e genuína que os seus povos levam, recorrendo aos recursos locais e saberes milenares..

Trago-vos por isso um prato Libanês, Kibbeh Batata, tradicionalmente confeccionado à base de carne e bulgur, mas esta versão é vegana.

Receita adaptada do livro Mediterranean vegetarian kitchen.





Serve 4 pessoas
Rende 14 pasteis

Ingredientes massa
500gr de batata (uma batata muito grande)
100gr de bulgur
2 c.sopa de farinha
1 c.chá de manjericão seco
1 c.café de pimenta da Jamaica
1 c.café de canela moída
1/2 c. café de noz moscada
sal e pimenta moída na hora

Preparação
Cozer as batatas em água abundante com algum sal. Cozer até que fiquem bem tenras.
Colocar o bulgur de molho durante 15 minutos.
Escoar asx batatas e passar com o passevite. Incorporar todos os restantes ingredientes, incluindo o bulgur, bem escoado.
Verificar os temperos adicionando mais sal e pimenta se necessário.
Reservar.

Recheio
2 c.sopa azeite
1 cebola média, picada
3 c.sopa de amêndoas picadas
1 c.sopa de sumo de romã (se tiverem acesso a romãs frescas, usem 1 c.sopa de sementes frescas de romã)
pitada de canela
pitada de pimenta da Jamaica
sal

Preparação
Aquecer o azeite numa sertã, e refogar nela a cebola. Estando a cebola dourada, adicionamos as amêndoas grosseiramente picadas, assim como os temperos. Agitar a sertã para que tudo fique bem misturado.
Retirar do lume e adicionar o sumo de romã (ou as sementes se romã).

Montagem
Colocar um pouco mais que uma colher de sopa  de massa na palma da mão, formar uma bola; com o dedo indicador da outra mão fazer um buraco largo no centro da bola de massa. Encher com recheio, cerca de uma colher de chá, mal cheia.
Fechar cuidadosamente  a bola de massa contendo o recheio e dar-lhe uma forma alongada, quase como os pasteis de bacalhau.
Deverá render cerca de 14 pasteis.

Fritar em óleo bem quente, tomado devidas precauções.
Servir com gomos de limão.




English Version


Serves 4
About 14 patties

Ingredients dough
500gr potato (a super big potato)
100gr bulgur
2 Tbsp all poupose flour
1 tsp dried basil
1/2 tsp all spice
1/2 tsp cinnamon
1/4 tsp nutmeg
salt and fresh ground pepper

Methode
Boil the potatoes with water seasoned with salt until the get tender. Drain well and mash with the potato masher.
Soak the bulgur in water for about 15 minutes. Drain well after.
Add all the ingredients to the mashed potatoes and stir well until everything gets combined. Taste for salt and pepper.
Set aside.

Filling
2 Tbsp olive oil
1 medium onion, chooped
3 Tbsp chooped almonds
1 Tbsp pomegranate juice (you can use pomegranate seeds instead, if available.)
pinch of cinnamon
pinch of all spice
salt

Methode
In a frying pan, heat up the olive oil, a fry the onion until golden. Add the almonds and spices,stir.
Remove from the heat and sprinkle with the pomegranate juice.

Assembling
Taking a bit more than a Tbsp of the potato mix, put in your hand and form a ball; with the index finger make a large hole in the middle of the ball. Place less then a teaspoon of filling inside and gently close the ball with your fingers. Shape it in egg like shape as you see in the pictures.
You should get about 14v patties.

Deep fry in oil and serve with lemon wedges.



18 comentários:

Manuela disse...

Pami,
que bonitos que ficaram os teus Kibes. Sabes que aqui no Brasil, talvez por haver uma comunidade árabe considerável, o kibe (com carne) é um prato comum e é muito fácil encontrar ingredientes para comida árabe. Eu estou atrasadíssima para o convidei para jantar, vamos ver se ainda consigo!
Feliz Natal e uma boa entrada no novo ano.
Bjnhos

Marmita disse...

Lindo, lindo ! Muito obrigada Pami eu adoro sempre a tuas versões de coisas tão boas mas em Vegano, adoro! Obrigada pela tua participação e tal como tu sonho um dia ir ao Libano!

Maria disse...

Eu sabia que iria sair uma coisa deliciosa! Quer na escolha da convidado que no que lhe seria servido. Adorei.
Beijinhos
Maria

Nita disse...

hmmm Pammi que aspecto maravilhoso, mais uma receita que te vou "importar" aqui para casa!
Ah e não te preocupes sou sempre mais atrasada que tu nas participações :)
Beijocas e boas festas!

Susana disse...

Olá Pami, mais uma vez surpreendes-me pela diversidade. Gosto muito desta sugestão e a tua participação, mais uma vez é digna. Parabens.

Beijinhos

Lina disse...

Olá, Pami! Ainda não foi desta vez que participei desta coletiva tão interessante. Mas gostei muito da tua sugestão e também sinto um fascínio por essa região do mundo, seus sabores e colorido.
Adorei as fotos!
Beijinho e boa semana

frango do campo disse...

fiquei cheia de vontade de experimentar estas pequenas delicias (que nunca provei mas pelos ingredientes hmmm :) beijinhos

Susana disse...

Que bom aspecto! Está marcada para fazer em breve :) Obrigada!

Miss Vite disse...

Desde que falaste desse teu livro quando fiz as falafel que fiquei com água na boca! é como tu, também me identifico muito com a comida que se faz por esses lados do mundo... e agora com estes teus estes kibes vou ter mesmo de o encontrar! *

Ginja disse...

Pammi, que bonita versão dos kibes. Consegues sempre surpreender :)
Adoro a comida dessas zonas, fascina-me também. É bom viajar num prato de comida.
Um beijinho.

Mané o bolo da Tia Rosa. disse...

Pami
Que maravilha esta tua versão, é sempre bom vir aqui fico com os meus horizontes alargados - OBRIGADA :)

Qto à Zona que tu tens no teu coração como objectivo de visitar, tenho uma amiga que foi agora até lá, trabalhar... o clima deixa-me bastante apavorada (eu não gosto de calor em demasia)e claro que as situações de conflito tb não me deixam tranquila... ...
Gostei da tua sugestão, como já te apercebeste
Qto ao Hutspot, a minha sugestão Holandesa, devo dizer-te que não confirmei com os meus amigos Holandeses por isso não posso garantir, a pé juntos, que está correcto. O livro de onde tirei a receita diz que é esta a designação para a Holanda, sendo hochepot para a frança e hotchpotch para o Reino Unido (mas não sei... :) :) :) :)
Beijinho e Bom Natal (nesse país bem fresquinho)
:)

Alice disse...

Olá Pami:)
Eu também sou apaixonada pelo Médio Oriente, há qualquer coisa de místico e belo na cultura desses países e a gastronomia é simplesmente maravilhosa!
Adoro os teus pastéis, devem ficar tão deliciosos e aromáticos!
Gostei de viajar contigo até ao Líbano:))
Beijinhos grandes!
(eheheh, a tua irmã nunca mais teria falta de espaço naquela "humilde" casinha:D)

Joana disse...

Que maravilha!
Também tenho o sonho de ir para esses lados, viajar para culturas completamente diferentes! Mas como dizes não me parece que seja para breve!
Adorei os teus pasteis :) Ficaram tão bonitos!
Um beijinho

Lenita disse...

Olá Pami Sami,
O médio oriente também me fascina, conheço tão pouco da sua gastronomia.
Gostei imenso do teu post e da volta que deste à receita, parece tão bom, dá imensa vontade de pegar num e encher a boca de espanto!
Aproveito para te desejar um Natal muito feliz.
Bjs

Cozinhar sem Lactose disse...

Sou a seguidora nº 200 e o meu prémio é seguir as tuas receitas! Adorei estes kibbeh vegetarianos.

Suanny Sampaio disse...

Olá querida!

Hum... deve ser deliciosa.
Anotei direitinho a receitinha e assim que tiver oportunidade farei aqui em casa para experimentar.
Estou te seguindo, se puder e quiser retribuir, desde já agradeço.
http://encontrosobreculinaria.blogspot.com.br/

Bjô

Anónimo disse...

Hice Los kibbe por almuerzo hoy y fueron deliciosos. Tenia q usar quinoa porque no tenia bulgar en casa. Tambien freí en el sartén. brava

Anónimo disse...

Que receta tan sabrosa y sencilla!!! Y las fotos estan super. No tengo bulgur pero voy a ensayar con farinha de mandioca torrada.